Categorias: Planejando

Lua de Mel no Japão

Japão: suas distâncias cultural e geográfica certamente unirão ainda mais o casal. Japão Lua de Mel

Além das estimadas 24 horas para ir e 24 horas para voltar, este rico e surpreendente país merece pelo menos de 10 a 14 dias da atenção dos recém-casados. Até porque não é todo ano que se torna viável atravessar os oceanos para tirar férias, certo? Sem contar que, mesmo sem saber quantos dias vocês pretendem ficar por lá, tenho certeza que lamentarão muito na hora de partir.

A boa notícia é que o país é pequeno e pode ser atravessado facilmente em poucas horas sem a necessidade de voos e com ajuda dos meios de transportes mais avançados, eficientes e pontuais do planeta. Os passes de trem JR, por exemplo, dão acesso a todos os transportes ferroviários do país, inclusive para os trens-bala. A partir de três viagens seu custo já vale a pena.

A língua também não é problema para quem tem noções de inglês. As placas e os mapas são, em geral, todos escritos em japonês e inglês. E os educados e solícitos habitantes normalmente são bilíngues e sempre muito atenciosos com os turistas.

Para quem não fala nenhuma dessas línguas, a dica é fechar um pacote turístico com guia local ou contratar o serviço de tradutor/guia indicado antes de desembarcar no Japão.

Japão Lua de Mel

O Japão é puro encanto. É surpresa. Cores. Admiração. História viva mesclada com modernidade, desenvolvimento, tradição e belezas. A qualquer época do ano a viagem promete fotos incríveis e momentos inesquecíveis.

Por lá as quatro estações são bem distintas, cada uma com características e encantos próprios.

A primavera, especialmente entre Abril e Maio, é o período de turismo mais popular, com uma das atrações mais conhecidas em todo o mundo: as cerejeiras em flor. Elas florescem primeiro na região mais quente, ao sul de Kyushu, no início de março, e as últimas floradas podem ser apreciadas no nordeste do país, em fins de maio.

Japão Flor de Cerejeira
{ Flor de Cerejeira }

O verão começa em junho, com a chegada da estação de chuvas que dura três longas semanas. Portanto, começa um tanto fresco, mas logo o país é caracterizado pelos dias quentes e úmidos. Nesta época as praias e montanhas são os locais mais apreciados por turistas e habitantes. Algumas das praias mais belas do país são Gennadai Kaihin Koen em Hokkaido, Shirahama em Hachinohe, Masaki em Miyako, Oda em Kesennuma e Kamaya hama em Mitane-cho.

Japão Monte Fuji

Esta também é a estação mais favorável para o plantio de arroz, por isso há muitas festas populares pelos campos, sendo a escalada do monte Fuji uma das atividades mais populares do período.

O outono no Japão é, talvez, a estação mais cheia de cores! As árvores e a natureza ganham um colorido vermelho-dourado ardente, apresentando paisagens espetaculares. É também a estação da colheita, assim como de muitos festivais e encontros esportivos e culturais.

japão tokyo
{ Tokyo }

O inverno, não tão severo como na Europa ou na costa leste dos Estados Unidos, apresenta um ar suave e seco. Raramente cai neve ou chuva em Tokyo nesta época, mas no nordeste japonês, bem como nas regiões montanhosas, a neve é abundante. São numerosos os locais para a prática do esqui, com instalações que apresentam todo o conforto. As principais estações deste esporte no país são: Niseko, Hakuba, Yuzawa e Rusutsu.

No período mais frio do ano a região de Nozawaonsen, com suas fontes termais além da estação de esqui, é o destino mais desejado do Japão.

Provavelmente a primeira parada do casal vindo do Brasil será o aeroporto de Narita, localizado a 56 quilómetros da capital, Tóquio, onde pelo menos quatro dias poderão ser facilmente preenchidos nesta vibrante cidade coberta por uma imensidão apreciável de pessoas.

Japão Templo de Sensoji
{ Templo de Sensoji }

Akihabara é a reagião da cidade conhecida mundialmente pelas lojas de eletrônicos e pela cultuta Otaku, fãs de desenhos animados e histórias de quadrinho típicos do Japão. Já em Asakusa é possível sentir-se em uma Tóquio mais antiga, visitando um grande templo budista, o Sensoji, o santuário Asakusa, ou passeando por suas avenidas de lojas.

O Parque Ueno é o mais conhecido do Japão e repleto de museus, santuários, templos, além do jardim zoológico Ueno. Atrações suficientes para um dia todo de passeio de mãos dadas, cheio de romance.

japão parque ueno
{ Parque Ueno }

Para uma visão privilegiada desta megalópole diferente de todas as outras, a dica vai para as Colinas Roppongi. Nada mais interessante do que subir à torre Mori e apreciar as minúsculas pessoas em meio às infinitas luzes que cobrem as noites japonesas.

Japão Colinas Roppongi
{ Vista da Colinas Roppongi }

Em Shibuya, ainda sobre Tóquio, se respira moda e cultura. Clubes, bares, restaurantes e uma vida badalada residem aqui. A famosa estátua do cão Hachiko, o personagem principal do filme “Sempre ao seu Lado” com Richard Gere, também encntra-se nesta região. O local permite fazer muitas compras devido a variedade de lojas e produtos.

Mas, a parte mais interessante desta zona para os apaixonados é a colina Hotel Amor, onde casais do mundo todo passam horas ou até uma noite inteira da sua lua-de-mel em hotéis temáticos. São diversas e inusitadas opções de estabelecimentos especiais para os casais “descansarem” a partir de duas ou três horas.

Outro bairro agitado da capital é o Shinjuku, o distrito da diversão, mais conhecido como a capital “kawaii”. Na zona nordeste está o grande “distrito da luz vermelha”, repleto de bares, jogos pachinko (jogos japones), clubes, etc.

Japão parque Yoyogi
{ Parque Yoyogi }

No dia seguinte, para fugir da loucura deste enorme cidade, indico a visita ao parque Yoyogi, onde está o santuário Meiji. O momento aqui é para apreciar a história contemporânea japonesa e relaxar.

Dois locais para passar o dia em cidades próximas a Tóquio são o Parque dos Macacos, Jigokudani, e Templo Toshogu, Nikko. O primeiro não precisa de grandes descrições. Já o segundo é o mausoléu de Tokugawa Ieyasu, quem, juntamente com os seus familiares, governou o Japão durante 250 anos.

Japão Quioto
{ Quioto }

A próxima parada necessária deste roteiro é Quioto, a cerca de três horas de Tóquio. Este local é onde o imperador viveu durante mais de 1000 anos e, por isso, está recheado de locais magníficos e históricos. Deparar-se-ão com inúmeros templos, castelos, santuários, apenas num simples passeio aleatório. Pelo menos dois ou três dias por aqui para conhecer as principais atrações.

Osaka, outra grande cidade, fica a apenas 15 minutos de viagem de Quioto, onde no caminho está o monte Fuji, as principais atrações são: o Homem Glico, a Torre Osaka, jogar Pachinko, comer os típicos Takoyaki e Okonomiyaki.

japão osaka
{ Osaka }

Mais uma hora ao sul de Quioto encontra-se Nara, cheia de templos, santuários, castelos e outros edifícios dentro do género para visitar. Os veados são a grande atração. Duas noites de amor nesta parada são ideais.

Por fim, possivelmente o local mais lindo do Japão: o Monte Koya, também conhecido por Koyasan. Este último ponto turístico é o centro do budismo Shingon, um dos locais mais sagrados do país. Existem centenas de templos, muitos nos quais se pode pernoitar e comer uma das melhores refeições vegetarianas do mundo. Neste caso a vantagem é poder acordar cedo e ver os monges nos seus rituais matinais. Este é definitivamente um local de paz que irá abençoar a nova vida a dois do casal.

Sayonara,

banner clube turismo

—————————————————————————————————————————————————

Gostaram do roteiro para lua de mel no Japão ? Deixe nos comentários quais destinos vocês querem ver por aqui!

Publicidade

Comentários via Facebook

Deixe seu comentário!

4 comentários

  1. Angelica comentou:

    Amei meu sonhoo!!!!

  2. dayana comentou:

    nossa meus parabéns pelo blog, sempre que posso visito o CONTEÚDO, e vc me deu dicas valiosas que esou usando para o meu casamento no fim de ano bjos!! continue assim

    1. Oi Day!!! Que bom ouvir isso querida!!!! Quero ver as fotos do casamento hein? Um beijo e boa sorte =*